6 Dias
Duração
Lisboa
Localização

Rota Judaica em Portugal perfeito  para quem conhecer e compreender um pouco melhor a enorme importância dos Judeus em Portugal, nas raízes do País até aos dias de hoje.

Seis dias inesquecíveis percorrendo o centro e norte de Portugal de pequenas aldeias ás maiores cidades.

Nº Pessoas 2 3 4 5 6 7 8
Preço Total 1850€ 1900€ 2000€ 2150€ 2280€ 2390€ 2500€

LOCAL DE PARTIDA Hotel/Apartamento, Lisboa
HORA DE PARTIDA Os dias começam pelas 9:00 AM aproximadamente
TEMPO DE RETORNO Os dias terminam pelas 18:00 aproximadamente
INCLUÍDO
Guia credenciado e exclusivo

Surpresa em cada dia ( visita ou degustação )

Refeições e dormidas do Guia

Águas Grátis

Wifi Grátis

Viatura extremamente confortável

NÃO INCLUÍDO
Refeições

Passagens Aéreas

Hoteis

Entradas em monumentos

Quando nasce Portugal em 1143, esta minoria já se encontrava disseminada em algumas localidades importantes como Santarém que possuía a mais antiga sinagoga  com um crescimento da  população judaica , favorecida com a necessidade de povoar a terra conquistada aos Mouros, sendo a sinagoga era a sede do governo da comuna.
No Séc. XIV cada comuna tinha uma ou mais judiarias,  o rabi-mor tinha delegado seus, chamados ouvidores, nos principais centros judaicos do pais: Porto (Região de Entre Douro e Minho); Torre de Moncorvo (Trás-os-Montes); Viseu (Beira); Covilhã (Beira/Serra da Estrela); Santarém (Estremadura); Évora (Alentejo) e Faro (Algarve), os ouvidores exerciam verdadeira jurisdição sobre todas as comunidades judaicas nacionais.
A sinagoga era um local tão importante do ponto de vista religioso (como era a igreja para os cristãos) quanto civil; era lugar de assembleia e reunião dos membros da comuna.

Inicio

Sua chegada a Lisboa

A nossa Rota Judaica em Portugal, começa com a vossa chegada, onde ainda durante o transfer, no caminho lhes damos umas dicas da cidade bem como restaurantes ou outros locais interessantes junto ao Hotel.
1ºDia

Lisboa

Iremos começar por Lisboa, onde visitaremos a antiga Judiaria em Alfama, a praça de São Domingos a Sinagoga entre outros locais de interesse tais como os Bairros históricos de Lisboa; Bairro Alto, Chiado, Baixa, Alfama. Visita também ao Parque das Nações, local onde em 1998 Lisboa recebeu a Expo, hoje um local bastante aprazível para viver.Tempo para conhecer o bairro de Belém com seus monumentos revivendo as memórias das epopeias marítimas dos Portugueses;  a Torre de Belém, Padrão dos Descobrimentos, sem esquecer os famosos Pasteis de Belém.

Pastel de Belém

Pernoita em Lisboa

2ºDia

Lisboa - Tomar - Castelo Branco - Covilhã

Saindo de Lisboa em direção a Tomar onde iremos visitar a sua Sinagoga centenária, em épocas anteriores à expulsão a que foram sujeitos os Judeus por D. Manuel I, a Sinagoga construída entre 1430 e 1460 um edifício de planta quadrangular, com 9,50 metros de fundo por 8,25 de largo, a mais antiga em Portugal. Continuando nossa rota Judaica chegamos Castelo Branco, onde a Casa da Memória Judaica em Castelo Branco, situada na rua das Olarias é visita obrigatória, um espaço museológico, dividido em diferentes áreas retratando a presença judaica nesta cidade, bem como distinguir algumas personalidades como Amato Lusitano ou Afonso de Paiva.

Chegada a Covilhã, a quantidade de Portugueses Judeus ou de origem Judaica na Covilhã ligados à epopeia dos descobrimentos e expansão portuguesa, é caso único nesta localidade, até mesmo Pêro da Covilhã, explorador e preparador do caminho marítimo para a Índia, seria de origem cristã-nova; também o famoso João Ramalho, primeiro bandeirante no Brasil, teria origem judaica da Covilhã.

Entradas no convento de Cristo em Tomar

Pernoita na Covilhã

3ºDia

Covilhã - Belmonte - Guarda

Começamos nosso dia em direção a Belmonte, esta importante vila onde não se conhece muito acerca da primitiva presença judaica em Belmonte, no entanto, o contributo deles para a história da Vila é absolutamente indiscutível, ainda na actualmente, mas também pelos inúmeros vestígios deixados por comunidades anteriores. Quando se destruiu a Igreja de S. Francisco, no Largo António José de Almeida, em 1910,se encontrou uma pedra da primeira sinagoga de Belmonte datada de 1297.

Pela lápide encontrada, sabe-se que Belmonte já teria uma comunidade de Judeus, certamente importante e numerosa, pois só assim se justificaria a presença de um local de culto. Visita á Sinagoga bem como ao Museu Judaico. Continuando nossa rota judaica em Portugal chegamos á Guarda, onde comuna judaica da Guarda foi durante longos períodos uma das mais importantes do país e é considerada uma das mais antigas.

Entradas no Museu Judaico

Pernoita na Guarda

4ºDia

Lamego - Vale Do Douro - Amarante - Porto

Começamos nosso dia com a visita a Lamego, desde o sec. XIV que os judeus da então importante cidade de Lamego ocupavam a área entre o castelo e a igreja de Stª. Maria de Almacave, no século seguinte os bairros judeus eram já dois; o mais antigo (judiaria da velha), localizado junto á Porta do Sol, o que correspondia à judiaria nova ou do fundo junto do adro da igreja citada. Neste dia nossa Rota Judaica em Portugal, leva-nos também a visitar um dos mais importantes pontos turísticos em Portugal, o Vale do Douro onde poderão visitar e conhecer um dos mais importantes produtos Portugueses o vinho do Porto. Visita a quintas produtoras e degustações. E ainda uma visita a Amarante, esta pacata vila que em tempos mostrou a sua “raça”, bloqueando os franceses. Tempo ainda para provar os muitos doces da região num dos deliciosos cafés á beira rio.

Visita e degustação em Quinta Produtora

Pernoita no Porto

5º Dia

Porto

Dia passado na cidade no Porto. A cidade do Porto, que desde o início da nacionalidade Portuguesa possuía inúmeras judiarias, viu D. João I, em 1386, mandar concentrar os judeus no bairro do Olival, dentro das muralhas medievais. A nova judiaria confinava com duas das portas dessa muralha, locais ainda hoje referenciáveis: a do Olival e a das Escadas da Esnoga. A Sinagoga situava-se no local do actual convento de S. Bento da Vitória. Visita á Sinagoga, bem como a todos os locais de importante interesse turístico. Possível visita a uma das Caves onde o Vinho do Porto repousa depois de ter vindo do Vale do douro, bem com uma degustação é claro.

Passeio de Barco no Douro

Pernoita no Porto

6ºDia

Porto - Aveiro - Nazaré - Óbidos - Lisboa

Saída do Porto para VENEZA !!!… Portuguesa, Aveiro, com seus maravilhosos canais onde iremos degustar os famosos ovos moles e ainda visitar as salinas, donde se retirava o sal para a salga do bacalhau. Chegando á Nazaré a paragem para almoço, nesta que é considerada uma das mais carismáticas vilas piscatórias em Portugal, onde para as senhoras locais carinhosamente se apelidam de mulheres das sete saias, famosa também nos nossos dias pelas ondas gigantes. Seguimos então para a vila Medieval de Óbidos com suas características ruelas e muralhas, que apaixonadamente atrai milhares todos os anos.

Ginja de Óbidos

Pernoita em Lisboa

Final

Transfer para o aeroporto

Castelo de Óbidos
Sinagoga Tomar
Castelo de Óbidos
Amarante
Avenidas dos Aliados Portugal

Tour Reviews

There are no reviews yet.

Leave a Review

Rating